quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Gente

O mar, as montanhas, os rios, o sol, o vento e a chuva convivem em harmonia e bem pertinho uns dos outros. É uma terra onde o céu é azul e não existem urubus, só gaivotas e lindas cegonhas que fazem ninhos em cima de postes de electricidade. Nesta terra, onde o verde está por todo lado há gente de todas as cores. Gente grande e gente pequena, gente sorridente e gente rabugenta. Gente sem dente. Gente como a gente.
Os bules sempre babam, o café sempre está presente e o chá merece mais atenção. Chá verde é coisa rara e banchá, o que é banchá? Cada estação do ano é bem marcada por cores e condições características, onde o humor do povo mostra-se intimamente ligado a cada grau Celsius que aumenta e diminui conforme o movimento do vento e o brilho do sol. É no humor das pessoas que apresenta-se mais nitidamente a mudança das estações e, no tamanho de seus sorrisos a falta de esperança num futuro melhor. Futuro, qual o futuro que esse povo espera?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os mais lidos