terça-feira, 29 de março de 2011

Morar sozinho em Lisboa. Dicas para encontrar casa.

Morar Sozinho

Sair da casa dos pais não é fácil.  A gente que tem o privilégio de ter um quartinho próprio e toda a segurança das casas dos nossos pais encontra um mundo completamente novo quando resolve abrir as asas e voar.

Quando cheguei a Portugal pela primeira vez (fique 3 meses para conhecer Lisboa e decidir se era realmente um bom lugar para morar) não tinha onde ficar. 
No primeiro mês, morei  no hostel onde fiz minha reserva antes de sair de São Paulo.

Foi  muito divertido devido a chance de conviver com turistas do mundo todo. 
Tive a oportunidade de conversar com jovens dos Estados Unidos, Alemanha, Suécia, Argentina e muitos outros países e realidades. Foi uma experiência muito rica.

Depois de 30 dias, cansei de guardar minhas coisas numa mala e procurei um lugar onde tivesse um quarto só para mim (com direito a armário e tudo). 
Através de um amigo que conheci no Bairro Alto (quem tem boca vai a Roma), encontrei um quarto para alugar muito bem localizado, perto do Hotel Sheraton. Lá fui muito feliz e fiz boas amizades.

Era uma pensão com três andares. 
Nos dois primeiros andares só moravam mulheres e no último andar, os homens.
Sempre imaginei pensão de uma forma pejorativa, onde morassem pessoas perigosas e de pouco dinheiro. Muito enganada eu estava.
O lugar era limpo, de gente trabalhadora.
Moravam lá por opção e não por imposição das necessidades da vida.

O bom de morar sozinha é a liberdade que se tem. 
Você é livre para fazer o que quiser, sair e entrar quando bem entender.
O chato é chegar em casa e não ter ninguém para conversar. 
É preciso ter alguns cuidados quando se mora sozinho num lugar onde alguns cómodos são compartilhados, como a cozinha e o banheiro. 
Alguns pertences seus podem ser usados sem seu consentimento. 
Mas isso a gente aprende a se adaptar e lembra sempre de guardar seus melhores cremes e outros produtos de higiene dentro do próprio quarto. 
Tirando isso, adorei morar sozinha numa pensão.

Morar junto
Depois que resolvi voltar para Portugal para ficar de vez, decidi alugar um apartamento com outros três amigos. Todos nós já estávamos cansados da vida solitária em quartos alugados e optamos por encontrar um lugar nosso.
Morar junto é muito divertido. Mas para que essa diversão seja contínua e pacífica, é preciso definir limites. No  meu caso, a amizade foi um pouco além do limite e hoje, não existe mais amizade entre nós.

Decoramos a casa, fizemos festas, apresentamos amigos em comum. Foi muito bom no início. 
Com o tempo, meus “amigos” foram se transformando em colegas de pensão. Usando meus produtos sem meu consentimento, comendo a comida que eu comprava (sem repor ou dar-me o dinheiro para comprar outros produtos no lugar), recebendo amigos sem apresentar aos demais moradores da casa, fazendo festas sem convidar a todos da casa.
Resultado: decidi me mudar.
Hoje moro com meu namorido, numa cantinho só para nós. 
Dividimos as contas, compartilhamos nosso alimento, multiplicamos nosso conforto e tranquilidade.



Vantagens e Desvantagens
Morar sozinho ou morar junto tem sempre vantagens e desvantagens. Tudo vai depender da sua personalidade, do seu momento, da sua paciência e da sua necessidade.
Já ouvi dezenas de histórias de pessoas que tiveram esses mesmos probleminhas com seus “room mates”.
É a clássica história do meu limite termina quando começa o seu. Muita gente confunde amizade com liberdade excessiva, ou melhor dizendo, falta de respeito. 
Eu tive uma experiência desagradável ao morar junto, mas conheço outras pessoas que tiveram uma atitude mais ativa que a minha e guardam ótimas recordações do tempo em que moravam sozinhas ou acompanhadas. 
O que vale é a atitude!

Para quem pensa em morar sozinho aqui em Lisboa:
Um site para alugar quartos: BQuarto 
Uma imobiliária: Remax 
Um classificado: Ocasião

Outras dicas:
arrenda-se = aluga-se
T0 = sala, cozinha e banheiro (casa de banho)
T1 = sala, cozinha, banheiro (casa de banho) e 1 quarto
T2 = sala, cozinha, banheiro e 2 quartos... e por aí, vai
caução = adiantamento, geralmente pede-se um ou dois meses de caução (pagamento adiantado)
renda = aluguel pago mensalmente
senhorio = dono do local que você alugou
cave = não tem janela, cuidado se você é claustrofóbico (há caves com janelas, mas muito mal ventiladas, é preciso ter atenção)


Atenção!
Há um golpe que já vi aqui em Lisboa e soube que até em São Paulo já aconteceu. Há inescrupuloso por aí que anunciam quartos e apartamentos belíssimos com preços bem abaixo do mercado. Ao pedir informações, é pedido um pagamento antecipado para visitar o imóvel por n razões.
Mais atenção!
Isso é golpe. Não pague jamais. Quando se chega no local informado do imóvel, descobre-se que não existe nenhum apartamento para alugar.

Pague somente mediante a chave do apartamento ou do quarto em mãos, e peça recibo. Sempre!
Se precisarem de uma ajudinha, podem contar comigo.


14 comentários:

  1. Carlos Carvalho (dr.seguro@gmail.com)18 de setembro de 2011 02:38

    É com alegria que constato pontos em comum com a minha vivência em Lisboa. Moro na cidade faz 3 anos, contudo já vivi isoladamente, e de momento moro com amigos.
    Relativamente aos "amigos" já sofri do mesmo mal, contudo actualmente moro com mais 2 que são soberbos nos seus modos, e que não retiram nada seu sem prévio consentimento.
    Contudo, no futuro desejo igualmente viver com a minha namorada, que curiosamente é de São Bernardo (perto de São Paulo).
    Deveras agradecido pelo texto - e pelas recordações que me fez recordar - tudo de bom,
    Carlos Carvalho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá amigo td bem ? eu tenho curiosidades em saber sobre morar em Lisboa empregos etc ,vc tem algum contato que podemos conversar ???agradecido desde jah!!

      Excluir
  2. Muito obrigada pelas dicas;tenho intenções do próximo ano ir p/ Lisboa ficar 3 meses para adaptação pra ver se realmente é isso que desejo fazer,morar em Portugal!!!! Gostaria de pedir dicas de lugares bons para morar penso em alugar um T0 ou T1 mas tenho receio da localização não ser boa.Pode passar os bairros/freguesias que não custa muito caro e é bom p/ morar (menos perigoso) afinal aqui em SP vivemos sempre pensando na segurança....
    Grata,
    Lúcia

    ResponderExcluir
  3. Lúcia, o ideal é ficar próximo ao metro. Se quiser, entre em contato comigo pelo e-mail: greenbeebrasil@gmail.com
    Obrigada por visitar o blog e volte sempre!
    Obrigada também ao Carlos Carvalho por seu comentário.
    Abraços. Debora

    ResponderExcluir
  4. Olá, Debora! Meu nome é Gilson Di Souza.
    Sou Contador de Histórias, Arte-educador, Manipulador de bonecos e Musicista (Violoncelo, Violino, Violão e Percussão). Sou estudante de Pedagogia da Universidade Estácio de Sá. Tenho a pretenção de quando terminar a faculdade fazer o Mestrado em Filosofia da Educação em Portugal (País que sou apaixonado).

    Minha esposa é Contadora de Histórias, Arte-educadora, Manipuladora de bonecos e Palhaça-Atriz.

    Minha pergunta é a seguinte. Como estudante de Mestrado (2 anos de duração) eu poderia levar minha esposa?

    Para o nosso tipo de trabalho haveria mercado em Portugal e poderiamos desenvolver?

    Obs.: Temos uma empresa de produção cultural legalmente constituida e um nome conhecido, na área cultural e ducacional, no Brasil.

    Parabéns pelo seu trabalho que é de grande relevância para futuros imigrantes no escuro.

    Um grande abraço e muito sucesso.

    Gilson Di Souza

    ResponderExcluir
  5. Olá!!! Adorei seu site, ótimas dicas!!! Pretendo em breve morar em Portugal, mas antes vou pra passear com minha familia, conhecer... Sou brasileira mas meu avô era português então estou tirando dupla cidadania... Fica mais fácil, não? E quanto a crise? Está dificil pra arrumar um job por aí? Obrigada. Bjs

    ResponderExcluir
  6. Olá, adorei seu blog... Ótimas dicas!!! Sou brasileira mas sou apaixonada por Portugal!!! Meu avô era português e estou tirando dupla cidadania... Fica mais fácil, não? Enfim, nunca fui a Portugal, mas com o passaporte estarei por aí muito em breve com minha família... E mais pra frente pretendo morar... Mas com a crise está complicado, né? Já que pra morar eu precisaria de um emprego... Bom, é isso. Bjs

    ResponderExcluir
  7. To com planos de morar ai em Portugal mas tipo nao sei se vou ser bem vindo tipo moro com meus pais e quero ir com minha namorada , ela ja conhece Lisboa mas eu nao e tbem queria saber se ai é bom pra achar emprego.. Abraços..

    ResponderExcluir
  8. Amigos dos Bules, tenho todo gosto em orientar no que for possível. Só peço a gentileza que entrem em contato comigo por email, onde posso responder de forma mais personalizada. Meu email pessoal é: dmidori@gmail.com. Obrigada.

    ResponderExcluir
  9. Para uma pessoa com pós graduação e vai tentar fazer um mestrado é muito dificil conseguir um emprego?

    ResponderExcluir
  10. Olá, Debora. Estou indo para Lisboa estudar e gostaria de algumas dicas sobre aluguel de quarto individual, como essa pensão que vc falou que ficou hospedada. Lembra do nome, endereço? Tem mais alguma dica sobre quartos em casa de pessoas de sua confiança, sei lá? Infelizmente não tenho dinheiro para alugar um apartamento sozinha mas ter um quarto individual já seria bem mais confortável do que num albergue. É isso. Parabéns pelo blog e muito obrigada, boa sorte por aí! Um beijo! :)

    ResponderExcluir
  11. Olá Débora,m sou professora de educação infantil e técnica em RH, gostaria de saber se existe oportunidade de trabalho nessas áreas, pois pretendo me mudar pra Portugal para cursar pedagogia.
    beijos obrigada

    ResponderExcluir
  12. Olá a todos! Outro site que pode ser útil: www.zizabi.com

    ResponderExcluir

Os mais lidos