segunda-feira, 23 de maio de 2011

De onde vem a notícia.

Ligar a televisão e relaxar um pouquinho. Acompanhar as notícias locais e aprender um pouco mais do quotidiano dos portugueses. Foi assim, que pouco a pouco, fui conhecendo a televisão portuguesa e me surpreendendo.

Eu só conhecia a RTP, pois era o único canal português que tinha contato lá no Brasil. Confesso que nunca o assisti pois meu pai só queria assistir ao NHK (canal japonês) e o Discovery Channel. Mas só quando minha mãe distraía-se de suas novelas ( é uma rotina diária, das 18h as 22h).

Sobre as novelas, os portugueses também gostam e acompanham as novelas brasileiras e já faz um tempo que existe uma produção de novelas nacionais que está a melhorar a cada dia que passa. 

O tempo de publicidade é diferente da televisão brasileira e americana. São menos intervalos com maior tempo de duração (quando digo maior, é maior mesmo). Há muitos telejornais e quando eles resolvem os transmitir, é em todos os canais ao mesmo tempo. Alguém me explica, o porquê?



O que adoro na televisão portuguesa são os filmes estrangeiros por serem transmitidos em idioma original, legendados. Bem melhor, do que filmes dublados (ou dobrados como dizem cá) como é de costume no Brasil ou na Espanha, por exemplo.

Para quem tem interesse em conhecer mais a fundo a situação atual de Portugal, vale a pena conferir as informações providas pelos seus canais de comunicação social. Segue a relação dos canais televisivos, jornais impressos e revistas do país.

Televisão: RTP - SIC - TVI

Jornais impressos: Diário de Notícias  -  Público  -  Correio da Manhã  -  Jornal i  -  Expresso -  Sol  -  Jornal de Negócios  -  Diário EconómicoBola  -  Record  -  Jogo

Revistas: Sábado  -  Visão


Destaques para:
-  Jornal i por ser o vencedor do prémio máximo da Society for News Design como o jornal com melhor design do mundo.
-  Expresso por ser o mais antigo semanário português.
-  Público por sua representatividade na secção política, crónicas e ao sábado trás como suplemento a revista Fugas que nos leva a descobrir locais únicos em Portugal e por esse mundo fora.


E depois de um banho de realidade nada melhor que descontrair com os Bules.

Um comentário:

  1. Os telejornais são transmitidos ao mesmo tempo por uma questão de concorrência ,mas se não fosse assim bastaria um telejornal porque depois as notícias já não seriam um quase exclusivo dos canais .Na RTP2 canal mais virado para a cultura também faz parte dos canais generalistas.Boas Infusões!

    ResponderExcluir

Os mais lidos