quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Bagagem, malas, sacolas. Você costuma colocar uma fitinha?

Um dos momentos mais de maior suspense na hora de viajar é aquela espera angustiante nas esteiras onde pegamos nossas malas. Eu fico tensa de verdade, olhando todo tipo de mala e nada da minha aparecer.



Nessa minha última passagem pelo aeroporto, notei que muita gente ainda não tem o hábito de identificar suas malas. Tinha uma senhora que pegou em todas as malas, tirava-as da esteira, examinava por completo até se dar conta que não a pertencia.
Então, fica aqui a minha sugestão para que você não fique frustrado ao retirar da esteira uma mala que não é sua: fitinhas.
Quem já é experiente em viajar, sabe que faz toda a diferença amarrar uma fitinha, um tag (identificador de bagagem) ou qualquer outra coisa que personalize suas bagagens. Afinal, não é só você que tem um modelo exclusivo verde-limão com bolinhas pink ou o último lançamento Samsonite.
Eu amarro uma fitinha, coloco o tag com meu endereço e e-mail e se puder, coloco mais outra fitinha de cor diferente. Nesse caso, detalhes para personalizar suas malinhas nunca são demais.
Olha a fitinha que usei da última vez que viajei.




Só não vale fitinha do Nosso Senhor do Bonfim se seu destino for a Bahia...


Um comentário:

  1. Colocar um adesivo diferente também é uma dica pra identificar a mala. Mas tem que ser um adesivo que aguente ser jogado de lá pra cá e não descole.

    ResponderExcluir

Os mais lidos