quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Um homem precisa viajar.

Chegou o meu momento.
E meu tempo em Lisboa, por enquanto, chegou ao fim.
Retornei a São Paulo, que assim como o resto do Brasil, está repleto de oportunidades, alegria e prosperidade.

Partilhar minhas experiências em Portugal foi a melhor coisa que poderia ter feito.
Como eu sempre digo, quando damos recebemos em dobro.
E foi assim, dando minhas opiniões, visões, frustrações e ilusões, que recebi muita informação útil e, o melhor de tudo, muito carinho.
Aprendi muito com todos os comentários aqui deixados.
E por isso, agradeço imenso a todos vocês que leram, gostaram, não gostaram e que deixaram seus comentários.

Deixo convosco o meu abraço.
O meu email: greenbeebrasil@gmail.com

E a certeza, de que amo essa terra portuguesa, com certeza.

"... Hoje entendo bem meu pai. Um homem precisa viajar. Por sua conta, não por meio de histórias, imagens, livros ou tv. Precisa viajar por si, com seus olhos e pés, para entender o que é seu. Para um dia plantar as suas próprias árvores e dar-lhes valor. Conhecer o frio para desfrutar do calor. E o oposto. Sentir a distância e o desabrigo para estar bem sob o próprio teto. Um homem precisa viajar para lugares que não conhece para quebrar essa arrogância que nos faz ver o mundo como o imaginamos, e não simplesmente como é ou pode ser; que nos faz professores e doutores do que não vimos, quando deveríamos ser alunos, e simplesmente ir ver".
("Mar sem fim"- Amyr Klink)



4 comentários:

  1. Bem-vinda ao lado brasileiro de ser e, porque não, Bem-Ida para o outro lado do mesmo mar :)
    Boa Sorte

    ResponderExcluir
  2. Débora....
    Quanto tempo sem nos falar, hein?

    Fico feliz com o seu retorno a pátria mãe, mas triste pelas condições que levaram a esse retorno.

    O sonho europeu para muitos está chegando ao fim e, nossa terra mesmo tendo muito que evoluir, é agora uma terra que fornece muitas possibilidades.

    Espero que seja só uma fase, que essa crise doida passe rapidamente e que você, eu e todos que fincaram (ou desejavam fincar) a bandeira em outras terras possam um dia regressar e continuar aquilo que deixaram com muita tristeza e orgulho para trás.

    Bem vinda de volta ao Brasil e que consiga aqui tudo que tinha sonhado conseguir em Portugal!

    Abraços do amigo e parceiro de blog,

    Francisco Jr
    Conexão Portugal

    ResponderExcluir
  3. Olá linda! Eu ainda não sabia que você tinha voltado para São Paulo. Desculpe a ausência.

    Desejo-lhe tudo de bom!!!
    Toda a sorte do mundo para si!!!
    E quando vier a Portugal, avise!

    Bom 2012!

    beijos.

    ResponderExcluir
  4. e cada vc no facebook? sumiu? da noticias

    bjs Alex Strunz

    djstrunz@hotmail.com

    ResponderExcluir

Os mais lidos