terça-feira, 20 de novembro de 2012

Culturas Estrangeiras em Portugal. Turquia. Döner Kebab e não só.


Fast food é comigo mesma, gosto de Mc Donalds e adoro uma pizza encomendada por telefone. Mas em Portugal descobri o prazer de comer bem devagar, saborear um bom vinho com as azeitonas e queijinhos que ficam na mesa, enquanto espero pelo meu prato no restaurante. Mesmo assim, as vezes, é preciso comer algo bom e rápido. É nessas horas que vou direto ao döner kebab.



Em São Paulo, conhecia o kebab como gregão. Lembro-me de uma carne assada manhosa girando num espeto suspeito em lojinhas abertas ao público que ofereciam (aparentemente) poucas condições de higiene. Sempre tive medo de comer o gregão. Conforme o nome, imaginava que esse lanche tinha origem na Grécia. Mas para meu engano, fui descobrir aqui em Lisboa, que o meu conhecido gregão era difundido no mundo como döner kebab. Seguindo as dicas da uma revista Time Out, fui quebrar meus paradigmas e provar o verdadeiro kebab, feito por um turco, num pequeno restaurante na Av. Almirante Reis, famosa por sua concentração multicultural, o Turkish KebabHouse.



Para minha surpresa, adorei! Pedi o meu primeiro kebab, no ano passado, como o menu döner kebab de vitela, que para o agrado do  meu bolsinho, custou 5 euros. Incluindo batata frita e refrigerante, hehe! Daí em diante, fiquei fã.
Provei outros kebabs, mas até agora, o melhor mesmo é o do turco que aparece na foto acima. Aí, fui descobrir o porquê. Conforme publicado no impresso Jornal I (9 de Março de 2012), döner kebab significa espeto giratório e é uma especialidade turca feita de carne assada num espeto vertical e fatiada antes de ser servida. Eles chegaram à Europa através dos imigrantes turcos na Alemanha e só para ter uma ideia, na Alemanha há mais de 15 mil lojas de kebab. Aqui em Portugal, a carne faz uma grande viagem, pois é importada da Turquia, passa na Alemanha e só depois que é distribuída para os fornecedores portugueses.
Agora entendo porque a Turquia é o país onde os turistas mais engordam. Conforme a lista dos países que deixam os turistas mais fortinhos publicada anteriormente neste artigo "Turista em Portugal é turista mais gordinho".

O kebab é tão bom que o restaurante do turco vive cheio até hoje.  Além do kebab no pão, provei outro dia o kebab no prato com um chá de maçã típico turco e encontrei suco de tamarindo. Que também é uma delícia. Lá você pode provar outras iguarias da gastronomia turca. Vale a visita.





4 comentários:

  1. Passo algumas vezes por esse restaurante ,nunca lá entrei nem nunca comi ,mas pelas dicas, tenho que experimentar .Quem olha de fora nota ser um local agradável.

    ResponderExcluir
  2. e muito bom,comi para experimentar e acabei por levar para família toda ,parabens

    ResponderExcluir

Os mais lidos